Dando Valor

Bom dia!! Por aqui, um sol lindo, e um friozinho gostoso!

Sempre que vamos para o  centro, ou em alguma loja fazemos questão de passar pelo mar. Afinal aqui ele fica à caminho. Claro que poderíamos pegar a rua principal e ir direto, seria até mais rápido no inverno fazer este trajeto, mas preferimos sempre passar pelo mar. como se dependêssemos dele para ir em algum lugar.

Meu marido tem uma ótima definição para isso: Dar valor ao que se tem! Se temos ele tão perto e em Porto Alegre ele fica à 2 horas para ser visto, porque não poder ver o mar todos os dias que pudermos?

Ver o mar traz calma, tranquilidade. Em Porto Alegre tudo é diferente,  parece que estamos sendo abafados, no medo, na insegurança…aqui é tudo mais calmo… Porto Alegre já foi calma, agora a violência está do
dominando. Uma pena!

Antes até sentia uma saudade de Porto, mas e agora, cadê, cadê a saudade? Se não fosse pelos meus pais, não iríamos mais. Tô louca pra trazer eles pra cá!

Mas o post hoje era para lembrar que o que temos na nossa volta, seja o que for,  vale muito mais do que qualquer outra coisa. É dando valor ao que se tem que conseguimos alcançar o que não temos.

Tem uma passagem da Bíblia que adoro, e fala sobre o zelo que temos que ter com nossas coisas, com aquilo que nos foi dado, porque se não cuidarmos até o que não temos perderemos (acredito que perderemos o direito de ter o que desejamos, por não cuidar do que temos).

Transfiro isso  para  nós que tecemos, veja este impasse:
-Quando estamos tecendo bem bela, lá no nosso cantinho, e está tudo correndo bem, cafezinho do lado, e tudo mais… até o momento em que  chegamos em uma parte da receita que começa a ficar tudo  escuro e sombrio, nada legal, e depois de muito tentar dali não conseguimos de jeito nenhum avançar.

Pensar em desmanchar é o próximo passo. A raiva toma conta não é?  E tudo acaba ficando mais, e mais escuro diante dos seus olhos, não é assim?

Acredito que isso já aconteceu com muitas pessoas. Comigo já e diversas vezes!

Depois de muito lutar com a agulha e o fio, que este acaba ficando cheio de pelinhos,rsrsrs, chega a hora que você joga tudo pra cima e pensa vou partir para outra receita… mas olha com dó pensando:  puxa quanto tempo perdi pra chegar até aqui e ter que parar…. 🙁  parar porque não consigo entender a receita…

Mas pense mais um pouco: e tudo que vc já aprendeu e fez da receita até aquele ponto ali, até o ponto  de desistir? e porque não dar valor a tudo que vc já fez?  e porque você não muda seu pensamento?

Tente parar, pensar com carinho, e dar um enorme valor ao que já foi feito. De valor!!!

As vezes tudo muda quando agente muda! As vezes a resposta aparece em outro dia. Talvez o dia em que esteja, seja o dia errado para continuar!  é , as vezes depende de nosso estado emocional, e físico. Pode acreditar, que se você deu valor, não desistiu do que conseguiu fazer, a chance de conseguir completar é enorme! Mesmo desmanchando e refazendo novamente.

Dê uma chance ao que você está tecendo. Faça  esta peça existir!! Não é isso que você quer?

É amigas,  “dar valor tem o seu valor!”

Print Friendly

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.