Tricotando Croche – Episódio 4 – Barney

Barney é um cachorro legal.

Inteligente e amigo, muito amigo.

Dias atrás estava muito triste, tadinho!

Ele foi abandonado em Osório /RS – Tinha um machucadinho na cabeça que virou uma bicheira. estava num estado crítico onde eu encontrei ele. Acredito que o abandonaram pela falta de informação. Este  tipo de ferimento tem cura…e espero que não tenha sido por achar que ele, um ser vivo, iria trazer-lhe um problema!

Eu estava passeando com a família e ele estava lá, procurando as pessoas para mostrar a cabeça aberta cheia de bichos.. E quando cheguei na pracinha não foi diferente. Ele se aproximou e me mostrou a ferida.

Conseguimos trazer ele para tratar e cuidar.

Ainda acredito que um dia as pessoas evoluirão e este tipo de coisa , este tipo de pensamento , este ego intocável, que algumas pessoas pensam que não é com elas, não irá mais existir.  Assim como evoluímos em não colocar papel no chão, (tipo assim) por exemplo,…Vamos todos olhar para o lado e ver o que pode ser feito de melhor! Para todos!

Temos uma terra para cuidar, um quintal para zelar, um animal próximo à nós que é domesticável e que pode te tirar do stress, trazer carinho e amor, que também temos  e podemos  cuidar.É  só se doar um pouco!

Se ele morrer , não fique com receio de colocar outro no seu lugar. Só pense que seu cãozinho que se foi deu lugar pra outro receber comida, carinho e amor. Principalmente se for um cão abandonado. Será menos um nas ruas sofrendo.

Print Friendly

2 Comentários

  1. Anônimo

    Responder

    OI, Márcia, ouvi seu vídeo sobre o Barney, também tenho um Barney que peguei nas ruas há cinco anos, se eu tivesse condições financeiras acho que abriria um canil, pois não posso ver os coitados maltratados nas ruas, tenho 3 gatos e 2 cachorros, o ultimo faz um mês que peguei a Pedrita, amo estes danadinhos. Parabéns pelo seu grande coração e pelos trabalhos manuais lindos que as vezes tento fazer algum, sou so aprendiz depois dos 70a.Bjs no seu coração.
    Marina.

    • Marcia Galti

      Responder

      Oi Marina!!
      E assim vamos vencendo o bem com o mal. Lindo gesto seu também. Já tive uma cachorrinha com o nome de pedrita também, que legal!!
      Obrigado pelo carinho querida!
      Um beijo

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.