Gambá filhote

Gente linda, olha o que me aconteceu esta manhã:

Levantamos cedo aqui e ontem à noite tinha um gambá morto no pátio do vizinho, descobrimos porque estava procurando minha gata no pátio  do vizinho.

Hoje pela manhã, minha filha foi ver o gambá antes de ir para o colégio, e viu que era uma  fêmea cheia de filhotes, e eles estavam com ela ainda, nossa!!

Corri para ver se encontrava algum órgão para resgatá-los, mas fui informada pela nossa Internet que os órgãos de prefeitura não adiantariam, que talvez pegassem eles e os jogassem fora. Deveria procurar algum órgão de proteção para eles.

Mas até agora nada de nada, e eles estão aqui comigo agora. Meu querido marido, me ajudou a resgatá-los ainda na bolsa da mãe deles, tadinhos.

 O que seria de uma mulher sem um homem? Nossa, não teria coragem sozinha.

 Tivemos que pegar eles no pátio do vizinho que é veranista, só vem no verão e em alguns finais de semana, e cá estamos. Já fiz o leitinho deles. Esta empreitada me tomou toda manhã. A atrasou tudo por aqui. Tive que ver como alimentá-los e como tratá-los.

Descobri que ainda não transmitem doenças por serem bebês, e se domesticar dando comida ficam como cães e gatos e nem adultos transmitem, por não comerem porcarias caçando.

Nossa,  procurando pelo assunto vi tanta gente que cria estes bichinhos, mas sei que precisamos de autorização ambiental para tê-los em casa.

 Mas este é um assunto impossível, porque tenho dois cachorros, e 2 gatas e não pretendo ficar com eles, infelizmente.

Pesquisando no Facebook e na Internet descobri que precisam ser aquecidos com bolsa de água quente ou uma garrafa pet de água quente enrolada em uma toalha, pois não produzem calor quando bebês.

Caso alguém navegando pela Internet caia aqui neste assunto vou deixar a receita do leitinho deles, que sei que não pode ter lactose de jeito nenhum.

 1 copo de leite sem lactose
1 copo de água
1 gema de ovo
1 pitada de sal
1 pitada de açúcar
1 colher de sopa de manteiga (se for com sal não colocar a pitada de sal)
Colocar tudo para ferver e deixar esfriar. Pode ser dado morno, bem morno em uma seringa ou conta-gotas.

Pode ser dado também o leite Nan, ou Pet Milk sem lactose.

Se alguém souber por experiência do que mais poderia ajudar em seu tratamento, alguma dica para comerem bem,  por favor me avise aqui nos comentários.

Print Friendly

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.